terça-feira, 24 de abril de 2012

Cuidados a ter durante a gravidez de uma gata

10:03

"Gostava que a minha gata tivesse crias. Quais os cuidados a ter com ela antes e durante a gravidez?"

Antes da gravidez, certifique-se junto do médico veterinário que a sua gata está de plena saúde. Caso não o tenha realizado antes, deve fazer analise para os vírus mais comuns: Imunodeficiência Felina (FIV) e Leucemia Felina (FeLV). Garanta ainda que o seu animal de companhia está adequadamente desparasitada e corretamente vacinada. Ao escolher o gato deverá ser cuidadosa, sobretudo no que diz respeito ao estado viral.
Pregnant cat - by Feliciano Guimarães

A gata, ao contrário da cadela é o que designamos, do ponto de vista reprodutivo, como poliéstrica responsiva ao fotoperiodo. Quer dizer de forma simples, que a gata tem vários cios ao longo do ano e que estes dependem de forma positiva da estimulação luminosa. Nas raças de pêlo comprido os cios podem ser mais sazonais, diminuindo ou desaparecendo de Setembro a Janeiro.

Quando falamos em cio, referimo-nos normalmente ao "Estro", que é o período de recetividade sexual. Na gata manifesta-se por um comportamento extremamente característico caracterizado por um miar intenso e frequente, associado à procura de toque e contacto (enrolam-se nas pernas dos donos, nos braços, rolam no chão, etc). Embora fisiologicamente preparada, evite cruzar a sua gata no primeiro cio e, se possível, com um macho que já tenha cruzado antes.


A gata só ovula durante a cópula por isso, normalmente, o número de filhotes é proporcional ao número de cópulas. Se cruzar a sua gata com machos diferentes é possivel que todos eles venham a ser pais de um ou mais gatinhos.

O periodo de gravidez dura em média 62-63 dias. Ao fim de cerca de 21 dias de gestação, os mamilos começam a destacar-se, ficando mais rosados e largos.

A assistência veterinária assim como a alimentação são fundamentais durante todo o período de gestação. Evite dar-lhe restos da nossa comida: opte por alimentos industrial que forneça os elementos indispensáveis às necessidades fisiológicas da grávida e do desenvolvimento dos gatinhos. A gata gestante, ao contrário da cadela gestante, apresenta necessidades energéticas aumentadas ao longo de todo o período de gestação e, portanto, o teor energético do alimento é um critérios a ter em atenção nesta fase. Leve-a ao veterinário para executar a desparasitação e programar uma ecografia/rx de controlo, que permite determinar o número aproximado de fetos esperados a nascer. O veterinário poderá ainda aconselhá-la na escolha do alimento correto e ajudá-la no acompanhamento deste período de cerca de 9 semanas.

Fonte: Activa Vida
Por:  Joaquim Henriques/ médico veterinário Ler no site: clique aqui



Written by

We are Creative Blogger Theme Wavers which provides user friendly, effective and easy to use themes. Each support has free and providing HD support screen casting.

0 comentários:

 

© 2013 Espaço VetZoo. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top