sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Técnicas podem resolver problema de maus tratos a animais em Fernandópolis

10:18

Os recentes casos de crueldade contra animais, especialmente cães, têm chamando a atenção da sociedade. Muitos episódios são manifestações isoladas de distúrbios de determinadas pessoas. Outros, porém, estão relacionados com a superpopulação e o conseqüente abandono dos pets, o que acontece frequentemente em Fernandópolis, Votuporanga, e região.

Este é um problema de proporções mundiais, principalmente em países como o Brasil, onde muitas vezes faltam recursos para suprir até mesmo necessidades básicas da população humana. O que muitos não sabem é que já existe no mercado nacional um método inovador de castração não cirúrgica, seguro e mais barato. Fabricado pela Rhobifarma, laboratório sediado em Hortolândia (SP), o produto foi batizado de Infertile.

Entre as vantagens estão o custo, cerca de 70% menor do que a castração cirúrgica, propiciando diversos ganhos para os municípios e os contribuintes. Outro ponto interessante da castração não cirúrgica é o fato do procedimento manter a estrutura anatômica do cão, já que os testículos não são retirados, fato importante para muitas pessoas.


Ricardo Lucas, responsável técnico da Rhobifarma, fabricante do Infertile, explica que trata-se de medicamento que possibilita transformar um procedimento cirúrgico em um ambulatorial, ou seja, realiza a esterilização sem mutilações, anestesia e os cuidados e complicações típicas de um pós-operatório. “São duas aplicações intratesticulares e o animal é liberado em seguida. Para evitar qualquer desconforto são utilizadas agulhas ultrafinas (as mesmas usadas para a aplicação de insulina em humanos) e é administrado um protocolo de analgesia desenvolvido pela Faculdade de Veterinária da Unesp, de Botucatu (SP)”, explica o veterinário.

Em depoimento espontâneo, a médica veterinária, Cristina Amarante, relatou a satisfação ao submeter cerca de 80 cães machos ao procedimento cerca de oito meses atrás. “Continuamos monitorando esses animais, eles estão saudáveis, notamos que estão mais dóceis, tranquilos e com ausência da libido sexual“ e completa: “Indico aos colegas veterinários, como uma opção ao controle reprodutivo em cães machos, no dia a dia da rotina na clínica veterinária ou no controle populacional de cães realizado pelos municípios”.

Written by

We are Creative Blogger Theme Wavers which provides user friendly, effective and easy to use themes. Each support has free and providing HD support screen casting.

0 comentários:

 

© 2013 Espaço VetZoo. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top