quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Cão na praia, não!

08:55


Lugar de cachorro é em casa. Na praia, nem pensar. É proibido por lei. Quer levar seu cão para passear? Aproveite as ruas menos movimentadas e sempre mantenha o animal preso pela coleira. Isto é para a própria segurança dele. Muitas pessoas têm medo de cachorros, mesmo que eles não ataquem.Como a rua é pública, essas pessoas também precisam ser respeitadas. Lembre-se: cachorro na rua só na coleira e sempre conduzido por alguém que consiga dominá-lo caso seja necessário.

Praia não combina com cachorros e gatos. Nossos animais de estimação podem transmitir bichos de pé, carrapatos e pulgas para as crianças, que têm o hábito de sentar diretamente na areia, sujar as mãos e até levar à boca. Além disso, cães e gatos também costumam defecar e fazer xixi na praia, o que não é saudável nem agradável para ninguém. Por mais que o seu cãozinho ou gato seja limpo e livre de pulgas, carrapatos e bichos de pé, mesmo assim você não deve levá-lo à praia.

A lei deve ser respeitada. “Praticar atos de abuso, maus tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos é crime.” (Lei Federal 9605/98). A pena vai de três meses a um ano.  Pense, sinta... O que é posse responsável? Eles precisam de alimentação, banho, vacinas, carinho, remédios (quando necessário) e outros cuidados. Ter um cachorro ou gato dá trabalho e exige responsabilidade. Quem adota um animal precisa ter essa consciência. ISSO É POSSE RESPONSÁVEL.

Conheça os 10 mandamentos da Posse Responsável:



Antes de adquirir um animal, considere que o seu tempo médio de vida é de 12 anos. Onde você estará daqui a 12 anos?

Jamais adote um animal por impulso. Analise se você terá recursos para vaciná-lo e castrá-lo.

Veja se você tem espaço e tempo para criar um animal de estimação. Informe-se sobre as características e necessidades da espécie escolhida (tamanho, pelagem,etc).

Mantenha seu animal sempre preso ou dentro de casa (jamais solto na rua). Para o cão, passeios são fundamentais, mas apenas com coleira e conduzido por pessoa que possa dominá-lo.

Cuide da saúde do animal: dê abrigo, alimento, banho e permita que ele se exercite regularmente. Também é preciso levá-lo ao veterinário e vaciná-lo quando necessário.

Dê atenção, carinho e proporcione um ambiente adequado ao seu animal de estimação. Não deixe seu cão estressado.

Eduque o animal, se necessário, por meio de adestramento, mas respeite suas características.

Caso seu animal faça cocô em local público recolha e jogue em local apropriado.

Identifique o animal com uma plaqueta no pescoço contendo nome do animal, nome do proprietário e numero do telefone. Se preferir, adote um micro chip ou uma identificação permanente (tatuagem) para que ele seja facilmente reconhecido em caso de perda e possa ser devolvido.

Castre os machos e as fêmeas evitando crias indesejadas de cães e gatos. A castração é a única medida definitiva para o controle da procriação e não tem contra indicações. 

Para mais informações: caoamigo@icara.sc.gov.br

Fonte: difusora910.com

Written by

We are Creative Blogger Theme Wavers which provides user friendly, effective and easy to use themes. Each support has free and providing HD support screen casting.

0 comentários:

 

© 2013 Espaço VetZoo. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top