sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Processo de resfriamento de leite em fazendas

10:16

Com a globalização, todos os setores da economia estão necessitando de uma maior eficiência nas cadeias de produção. Em particular, o setor leiteiro brasileiro tem sofrido atualmente grande concorrência externa e busca alternativas para o seu desenvolvimento. Atualmente, o transporte de leite cru, em latões, é o meio mais utilizado no Brasil. Esse transporte é feito por carreteiros autônomos, e o leite é coletado nos chamados pontos de coleta, em latões de até 50 litros.

Nesses pontos, muitas vezes situados distantes das propriedades, os latões ficam expostos ao sol aguardando a chegada do caminhão, o que permite a rápida proliferação dos microrganismos do leite. Preocupados com a atual situação, produtores, administradores de cooperativas e setores do governo buscam meios alternativos para contornar o problema.

Uma das alternativas que ultimamente tem sido analisada com expectativa é a introdução do sistema de coleta de leite a granel. Neste sistema, são instalados tanques de resfriamento nas fazendas produtoras de leite, sendo a coleta feita por caminhões tanques isotérmicos que realizam o transporte até os postos de recepção.
O aumento da conservação do leite, resultante do seu resfriamento, traz vantagens, como a redução de custos, sabor mais agradável, redução da quantidade de leite desclassificado por acidez e maior flexibilidade de processamento de derivados de melhor qualidade. Possibilita, também, a coleta em dias alternados. Se o leite é resfriado e a coleta é feita a granel, em caminhões tanques isotérmicos, o sistema se otimiza.
Os benefícios esperados para o produtor que entra no sistema de resfriamento do leite e coleta a granel são os seguintes:
- Melhoria da qualidade da matéria-prima;

- Redução das perdas com o leite ácido;

- Maior possibilidade de ganhos com a bonificação;

- Redução de valor do frete;
- Flexibilidade nos horários de ordenha e recolha na propriedade. Isto leva a uma melhor qualidade de vida ao produtor.

A qualidade do leite recebido pela usina de beneficiamento deve ser boa para garantir a produção de derivados de qualidade e de boa conservação. De modo geral, nenhuma etapa do processamento é capaz de melhorar o leite de qualidade inferior. Consequentemente, os primeiros esforços para a obtenção de produtos lácteos de boa qualidade devem ser dirigidos para o campo onde a matéria-prima está mais sujeita à perda de qualidade.

Written by

We are Creative Blogger Theme Wavers which provides user friendly, effective and easy to use themes. Each support has free and providing HD support screen casting.

0 comentários:

 

© 2013 Espaço VetZoo. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top